MANUTENÇÃO
PREDITIVA​

 

+55 12 3949-2992
Seg a Sex - 08 as 18 Horas.

Atendimento: +55 (12) 3949-2992  

Localização: Parque Tecnológico UNIVAP - Av. Shishima Hifumi, 2911

Sala 106 A - 1o Andar - Urbanova - CEP 12244-000

São José dos Campos / SP - BRASIL

tecnolass@tecnolass.com.br

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page

Copyright © 2019 - Tecnolass Tecnologia Ltda

Zona Exclusiva para Descargar
Zona Exclusiva para Descargar
Zona Exclusiva para Descargar

Cursos de Industriais.

 

A TECNOLASS procurando atender as necessidades do mercado, coloca a disposição novos cursos em diversas áreas industriais, sendo que todos os cursos são realizados IN COMPANY.

 

Todos os cursos são ministrados por profissionais com enorme experiência profissional na área, aliando uma perfeita didática com profundo conhecimento prático. Nossos cursos são todos apostilados e permite ao aluno obter um material de altíssima importância e servir de consulta no dia a dia no chão de fábrica.

 

Manutenção de Disjuntores de Média e Alta Tensão

 

Objetivo: Conhecer profundamente os componentes elétricos que possuem um sistema elétrico é extremamente importante para garantir o perfeito funcionamento de grandes unidades tais como Subestações – Cabines Elétricas – Quadros Elétricos - etc. Neste curso abordaremos especificamente os Disjuntores e Contatores os quais possuem funções específicas em tais sistemas e devemos garantir que o profissional que opera estes componentes tenha pleno conhecimento de suas capacidades, limitações, atuações, composições e principalmente funcionamento. Além das características assinaladas, podemos ressaltar a Manutenção que é o foco do curso, mostrando as técnicas para se efetuar tais manutenções. Curso desenvolvido para componentes de Baixa – Média e Alta Tensão.

 

Conteúdo:

  • CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMA ELÉTRICO;

  • PRINCÍPIOS DA OSCILOGRAFIA, PRINCIPAIS AJUSTES A SEREM REALIZADOS, INSTRUMENTOS DE TESTES E AJUSTES

  • CONTATORAS

  • FUNCIONAMENTO DE UMA CONTATORA

  • TIPOS DE CONTATORAS

  • PREVENTIVA EM CONTATORAS

  • MANUTENÇÃO E TESTES

  • PRINCIPAIS CAUSAS DE PROBLEMAS

  • RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

  • PRÁTICA EM CAMPO

  • EXERCÍCIOS EM SALA DE AULA

  • FUNDAMENTOS DE DISJUNTORES

  • PRINCIPAIS TIPOS DE DISJUNTORES

  • FUNÇÃO DOS DISJUNTORES

  • MANUTENÇÃO DOS DISJUNTORES

  • COMO PODEMOS EFETUAR A MANUTENÇÃO DOS DISJUNTORES

  • PRINCIPAIS TESTES EXECUTADOS

  • DISJUNTORES DE BAIXA – MÉDIA – ALTA

 

Leitura e Interpretação de Desenho Mecânico

 

Objetivo: Apresentar de forma clara e objetiva a forma correta de ler e interpretar os desenhos técnicos mecânicos, habilitando o profissional a realizar este trabalho de forma rápida e segura. Verificou-se que grande parte de mecânicos industriais sentem enorme dificuldade na interpretação de desenhos. Este curso direcionará estes profissionais à interpretação rápida e fácil dos desenhos mecânicos, trabalhando com uma linguagem de fácil assimilação nos apostilas que o aluno receberá. Desta forma, este trabalho será ligeiramente absorvido pelo aluno colocando-o numa posição de destaque em sua equipe. O curso de interpretação e leitura de desenho técnico mecânico não pode faltar no currículo do profissional de área.

 

Conteúdo:

  • INTRODUÇÃO DESENHO TÉCNICO MECÂNICO;

  • TIPOS DE DESENHOS TÉCNICOS

  • IDENTIFICAÇÃO DE VISTAS

  • SUPRESSÃO DE VISTAS

  • LEITURAS DE COTAS, SÍMBOLOS E MATERIAIS

  • FORMAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇAO DO DESENHO TÉCNICO

  • REGRAS DE COTAGEM

  • NORMAS ABNT

  • SISTEMA MÉTRICO DECIMAL

  • ESCALAS

  • SÍMBOLOS E CONVENÇÕES

  • INDICAÇÃO DE ESTADO DE SUPERFÍCIE

  • TOLERÂNCIA

  • CORTES

  • SEÇÕES

  • TIPOS DE SEÇÕES

  • RUPTURAS E TIPOS DE RUPTURAS

  • HACHURAS

  • SIMBOLOGIAS

  • TOLERÂNCIA

  • DEFINIÇÃO DE DESENHO TÉCNICO

  • VISÃO ESPACIAL

 

Eletrônica de Potência

 

Objetivo: Introduzir os conhecimentos gerais da Eletrônica de Potência aos participantes tornando familiares as técnicas de medição e inspeção de equipamentos que fazem uso desta tecnologia. O profissional ficará apto a realizar a identificação, interpretação e manutenção em equipamentos de Eletrônica de Potência.

 

Conteúdo:

  • INTRODUÇÃO DA ELETRÔNICA

  • PRINCIPAIS COMPONENTES ELETRÔNICOS

  • CORRENTE – TENSÃO – RESISITÊNCIA – POTÊNCIA

  • COMPONENTES DE POTÊNCIA

  • SCR – IGBT – TIRISTORES

  • FUNCIONAMENTO DOS COMPONENTES DE POTÊNCIA

  • APLICAÇÕES

  • CARACTERÍSTICAS DOS COMPONENTES DE POTÊNCIA

  • IDENTIFICAÇÃO DE PROBLEMAS

  • CIRCUITOS INVERSORES

  • CIRCUITOS DOBRADORES

  • CIRCUITOS RETIFICADORES

  • INVERSORES DE FREQUÊNCIA

  • SOFT STARTS

 

Acoplamentos Hidráulicos de Velocidade Constante

 

Objetivo: Levar ao conhecimento dos participantes os modelos de acoplamentos hidráulicos bem como sua funcionalidade, vantagens e aplicação. Permitirá ao profissional efetuar avaliações e manutenção dos acoplamentos hidráulicos e identificar as principais causas.

 

Conteúdo:

  • ACOPLAMENTO HIDRÁULICO DE VELOCIDADES CONSTANTES

  • CONCEITOS BÁSICOS

  • APLICAÇÕES

  • COMO IDENTIFICAR UM ACOPLAMENTO HIDRÁULICO

  • PROCESSO DE ALINHAMENTO

  • MANUTENÇÃO

  • VANTAGENS

  • COMPARAÇÕES ENTRE OS DIVERSOS TIPOS DE ACOPLAMENTOS

  • EXERCÍCIOS EM SALA DE AULA

  • CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS

  • TESTE FINAL

 

Manutenção e Operação de Subestações de Média/Alta Tensão

 

Objetivo: Formar operadores e inspetores referentes aos equipamentos de uma subestação de Alta/Média tensão, funcionamento e Manutenção bem como na elaboração dos programas de Manutenção Preventiva e Preditiva. Este curso também habilita o profissional a entender e executar os testes mais dos equipamentos que compõem uma subestação de Média e Alta Tensão. Curso excelente e fundamental para o profissional da área elétrica.

 

Conteúdo:

  • COMPONENTES QUE COMPÔEM UMA SUBSTAÇÃO ;

  • FUNCIONAMENTO DE UMA S.E

  • PRINCIPAIS CUIDADOS NO PROJETO

  • OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

  • TESTES QUE PODEMOS APLICAR NAS S.E´S

  • INSTRUMENTOS UTILIZADOS

  • AUTOMATIZAÇÃO

  • RECOMENDAÇÕES

  • PROTEÇÃO

  • TESTE FINAL

  • CARACTERÍSTICAS DAS SUBESTAÇÕES

  • DETALHES CONSTRUTIVOS

  • ATERRAMENTO

  • TENSÃO DE PASSO E TOQUE

  • PROJETO BÁSICO DE UMA S.E.

  • NÍVEIS DE TENSÕES DAS S.E´S

  • QUAL O PRINCIPAL OBJETIVO DAS S.E´S

  • CIRCUITO DE UMA S.E DE ALTA TENSÃO

 

Inversores e Conversores

 

Objetivo: Apresentar o funcionamento dos Inversores e Conversores no âmbito prático mostrando sua funcionalidade, aplicações e manutenção. Curso fundamental para Técnicos elétricos e eletricistas.

 

Conteúdo:

  • CONCEITOS DE INVERSORES

  • CONCEITOS DE CONVERSORES

  • DETALHES CONSTRUTIVOS

  • APLICAÇÕES

  • CIRCUITOS INVERSORES E CONVERSORES

  • APLICAÇÕES

  • COMO TESTAR UM INVERSOR

  • COMO TESTAR UM CONVERSOR

  • CONVERSOR X INVERSOR

  • EXERCÍCIOS EM SALA DE AULA

  • PARAMETRIZAÇÃO

  • CARACTERÍSTICAS

  • TESTE FINAL

 

Balança de Pesagem Dinâmica

 

Objetivo: Formar profissionais especializados na operação e manutenção de balanças de pesagem dinâmica. Mostrar todos os componentes, identificar falhas e procedimentos de calibração conforme órgãos ficalizadores.

 

Conteúdo:

  • BALANÇAS

  • TIPOS BALANÇAS

  • PESAGEM ESTÁTICA

  • PESAGEM DINÂMICA

  • VANTAGENS DA BALANÇA DE PESAGEM DINÂMICA

  • ORIENTAÇÕES QUANTO AO USO

  • CALIBRAÇÕES

  • PROCEDIMENTOS

  • COMO FUNCIONA UMA BALANÇA DINÂMICA

  • PERIODICIDADE DE CALIBRAÇÃO

  • ORGÃOS FISCALIZADORES

  • PADRÕES

  • EXERCÍCIOS DE CÁLCULOS

 

Curso de Operador de Empilhadeira

 

 Apresentação: Este material didático foi preparado para funcionar como instrumento de consulta. Possui informações que são aplicáveis de forma prática no dia-a-dia do profissional, e apresenta uma linguagem simples e de fácil assimilação. É um meio que possibilita, de forma eficiente, o aperfeiçoamento do aluno através do estudo do conteúdo apresentado no módulo.

 

Objetivo: Ajudar-lhe a tornar-se um excelente operador de empilhadeira. O mesmo lhe propiciará conhecimentos tecnológicos, referentes à manutenção, conceitos e técnicas de empilhamento e desempilhamento de cargas, utilização eficaz da empilhadeira e segurança, de acordo com a Norma Regulamentada -11.

 

Público Alvo: Profissionais da área que queiram se aperfeiçoar tecnicamente, a, pessoas interessadas em adquirir conhecimentos para investir na profissão.

 

Programa:

  • APRESENTAÇÃO

  • NORMA REGULAMENTADORA - (NR-11)

  • A EMPILHADEIRA

  • TIPOS DE ACESSÓRIOS

  • CLASSIFICAÇÃO DE EMPILHADEIRAS

  • EQUILÍBRIO FRONTAL

  • TABELA DE CARGA

  • CENTRO DE CARGA

  • EQUILÍBRIO LATERAL

  • TRIÂNGULO DE ESTABILIDADE

  • COMPONENTES DE EMPILHADEIRA

  • INSTRUMENTOS DE CONTROLE DO PAINEL

  • COMANDOS

  • NORMAS DE SEGURANÇA

  • OPERAÇÃO DA EMPILHADEIRA, REGRAS BÁSICA

  • INSPEÇÃO (CHECK-LISTt)

  • PLAQUETA DE IDENTIFICAÇÃO

  • PARTIDA, PARADA E ESTACIONAMENTO

  • PERCURSO, MOVIMENTAÇÃO, EMPILHAMENTO E DESEMPILHAMENTO

 

Carga Horária:  20 horas - adaptável

 

Curso: Pintura Industrial

 

Apresentação: A tecnologia da pintura teve um grande desenvolvimento em todo mundo. Por outro lado existe uma necessidade crescente de preparação de pessoas para as atividades de seleção de produtos para a correta elaboração de um projeto de pintura anticorrosiva em novos empreendimentos.

 

Sensível a essas carências, elaboramos esse curso dirigido a Engenheiros, projetistas e aplicadores especializados que atuam neste segmento.

 

Objetivo: Qualificar mão de obra especializada em pintura industrial, operacional e de gestão, aliando de forma progressiva o conhecimento técnico teórico (substratos, tintas e equipamentos) com a prática e a solução de problemas.

 

Público Alvo: Colaboradores em geral, que queiram ingressar na área de Pintura Industrial, ou empresas, profissionais: como operadores, técnicos e engenheiros ligados ao setor de tintas e pinturas industriais, para obtenção de maiores conhecimentos e aspectos normativos.

 

Programa:

  • Objetivo

  • Programa Básico

  • Qualidade e Meio Ambiente

  • Módulo Matemática

  • Preparação da Superfície para Pintura

  • Normas de Limpezas

  • Graus de Oxidação

  • Corrosão

  • Aplicação, Lixamento e Selagem de Massas

  • Técnicas de Retoques

  • Aplicação e Lixamento de Fundos

  • Sistemas de Pintura

  • Componentes

  • Proteção do Substrato

  • Função Decorativa

  • Constituintes

  • Composição Básica das Tintas

  • Verniz

  • Classificação das Tintas Segundo os Substratos

  • Equipamentos

  • Requisitos Básicos do Sistema de Pintura

  • Métodos de Aplicação

  • Cuidados Importantes na Pintura

  • Filtros de Ar

  • Pressão

  • Agitadores

  • Produção

  • Componentes da Pistola

  • Técnicas de Pintura

  • Movimentos da Pistola

  • Fatores Econômicos de um Sistema de Pintura

  • Considerações Gerais

  • Estimativa de consumo de tintas/Rendimento

  • Tempo de Indução

  • Condições Ideais de Pintura

  • Compra de tintas/contratação da pintura

  • Vida útil de um Sistema de Pintura

  • Diluição

  • Pintura a Seco

  • Recomendações gerais sobre a aplicação das tintas

  • Escolha do método de aplicação: Pessoal, ambiente, misturas, seqüências e segurança.

  • Cabines de Pintura Líquida e a Pó

  • Cabines Sistemas Automáticos

  • Estufas para Secagem de Tintas

  • Tabela de Ponto de Orvalho

  • Tabelas de Defeitos e sua Correções

  • Procedimento de Pintura

  • Segurança no Local de Trabalho

 

Carga Horária: 16 horas - adaptável

 

Curso: Formação de Sinalizador e Amarrador de Cargas

 

Apresentação: O curso de foi definido para profissionais do segmento de operação, considerando as atividades e atribuições requeridas no contexto do trabalho em que esse profissional se insere. Dentre estas atividades e atribuições destacam-se, por exemplo: ·Conhecer características das cargas e seus respectivos volumes, visando o seu perfeito acondicionamento; ·Aplicar técnicas de isolamento de área para os serviços de movimentação de carga dentro dos critérios de Segurança ·Compreender e aplicar sinalizações referentes aos produtos que serão movimentados.

 

Ao final do curso, os participantes terão condições de agir e interpretar corretamente às atividades que envolvem a Amarração e Movimentação de cargas e Sinalização. Obedecendo as Normas vigentes.

 

Objetivos: Este curso tem como objetivo fazer com que os operadores de equipamentos de movimentação de cargas tenham conhecimento quanto à segurança na operação, tanto na condição e melhorar a confiabilidade nas operações. Os participantes deste curso irão desenvolver conhecimento sobre avaliação de cabos de aço e acessórios de movimentação de cargas, para que estes possam determinar a integridade dos componentes com os quais trabalham. Enfim, adquirir conhecimento sobre as diversas tabelas de cargas e suas interpretações e atender a norma regulamentadora NR-11, que determina que operadores de movimentação de cargas gerais devam fazer cursos de reciclagem anualmente, atendendo também a NR18.

 

Desenvolver competências que permitam ao profissional movimentar cargas com equipamentos auxiliares, acondicionar produtos para transporte, organizar, preparar, isolar e sinalizar ambientes de trabalho, respeitando os padrões exigidos nas normas específicas da ocupação, considerando a segurança das pessoas e instalações, preservando o meio ambiente e a saúde do trabalhador e das comunidades ao redor do campo de trabalho.

 

Público Alvo: Trabalhadores da empresa que procedem à movimentação manual e mecânica de cargas.

 

Conteúdo Programático:

  • Plano de Carga – incluindo gruas e mastros

  • (Corredores de carga e responsabilidade técnicas do plano).

  • Orientações/Recomendações/Determinações Relativas ao Plano de Carga

  • Interferências: Mastros, tubulações, pessoas e eletricidade.

  • Endereço da carga (Segurança na amarração na origem e no destino)

  • Sistema de Comunicação - Formas de sinalização e operação das gruas

  • Sinais manuais para levantamento de cargas

  • Carregamento – içamento vertical

  • Recolhimento

  • Giro da Lança

  • Movimentação até o ponto desejado

  • Descarga

  • A distância mínima entre a lança da grua e do mastro

  • Formas e Escoramentos

  • Regras gerais de segurança

  • Introdução – Falar sobre: Qualidade x Segurança – Trabalho em Equipe, Normas, etc.

  • Descrição do Cargo – Atribuições da NR.18

  • Equipe de trabalho, atendimento ao cliente e compromisso com o prazo de entrega da obra.

  • Ordem de Serviço – (Sobrecarga em plataformas, andaimes e cimbramentos).

  • Deveres do trabalhador – Responsabilidade Civil – Responsabilidade Criminal

  • Ordem e limpeza Ordem no local e no interior da cabine

  • Plano de emergência (Abandono de Área na falta de energia e pane no sistema)

  • Organograma

  • Condições climáticas

  • Aplicação de checklist de operação de elevadores, APR de gruas, caminhão Munck e movimentação de cargas.

  • Meios de comunicação – uso do rádio

  • Sinalização de Segurança no Trabalho

  • Relações Humanas no Trabalho

  • Cabos de Aço=Acessórios, tabelas, uso, dicas, recomendações, inspeção, refugo, generalidades, tipos de garras, fixações, amarrações, manuseio, limpeza, lubrificação e tipos de avarias.

  • Cintas=Comparações de uso entre cintas e cabos de aço, o que pode e o que não pode armazenamento, limpeza, cuidados, inspeção, como proceder no içamento, tipos, indicações, avarias, tabelas de carga.

  • Armazenagem de materiais

  • Livro de registros: (manutenção preventiva e corretiva, e telescopagem).

  • Produtos transportados

  • Movimentação de cargas

  • Roteiros de levantamento e movimentação de cargas

  • Equipamentos de Segurança

  • Plano de emergência (PAE E APR’s pertinentes à operação)

  • O que pode e o que não pode na movimentação de cargas

  • Grua=Carga máxima a ser levantada, locais de trabalho, içamento/descarga, tipos, características gerais, dispositivos de segurança, cuidados na operação e na sinalização.

  • Aplicação de checklist e APR de gruas

  • Elevador de cargas/pessoas=Aula prática de operação dos painéis de controle.

  • Aplicação de checklist de operação de elevadores.

  • Centro de gravidade

  • 80 Recomendações para o correto desenvolvimento das atividades de sinalizador e amarrador de cargas

  • Segurança no Trabalho (Ato Inseguro x Condição Insegura)

  • EPI / EPC

  • Condições inseguras de trabalho com equipamentos

  • Recomendações Gerais

  • Técnicas de içamento

  • Considerações sobre içamento

  • Amarração de cargas

  • Movimentação de cargas

  • Área de trabalho para movimentação de cargas.

  • Precauções e cuidados

  • Precauções operacionais

  • Cuidados na operação

  • Manuseio e operação com equipamentos e materiais

  • Na movimentação de cargas

  • Roteiro para estudo de levantamento e movimentação de carga

  • Cronograma ideal para movimentação

  • Leis da movimentação de materiais por içamento

  • Movimentação de cargas: Exposição das técnicas de movimentação de carga, normas que a regem, incluindo a norma N-1965 da Petrobrás.

  • Operações estáticas e dinâmicas: Demonstração de técnicas aplicáveis à movimentação de cargas estáticas e dinâmicas.

  • Acessórios de Movimentação de carga: Tipos de acessórios, normas de inspeção (N-2170) e características.

  • Cintas de Poliéster/Nylon: Características, correta utilização e preservação.

  • Casos de acidentes: Áudio visual mostrando acidentes ocorridos com guindastes e seus estudos de falha.

  • Movimentação e transporte de Cargas Pesadas

  • Definir ponto de equilíbrio da carga

  • A carga: Peso e Centro de Gravidade

  • Conhecer, pesar, calcular ou supor.

  • Elevar cargas

  • Centralizar cargas

  • Dimensionar peso da carga

  • Distribuir o peso em partes iguais

  • Determinação de centro de gravidade, pesos, capacidade bruta e carga líquida;

  • Segurança e fatores que afetam a capacidade de içamento;

  • Efeitos do vento;

  • Especificações de capacidades, tipos e modelos das gruas, caçambas, cabos de aço, cintas e acessórios de elevação de cargas utilizados nesta obra. Ver apostila.

  • O que é grua; tipos e capacidades.

  • Como funciona uma grua;

  • Como sinalizar operações com gruas;

  • Como amarrar cargas;

  • Sistemas de segurança;

  • Legislações e Normas Regulamentadoras

  • Exigência de Treinamento

  • Instruções: Uso de equipamentos de elevação de cargas.

  • Caminhão Munck – Procedimento seguro para levantamento e movimentação de cargas.

  • Comentários sobre: NR.1, NR.5, NR.11, 17, NR.17 e RR.18

  • Exercícios, dinâmicas/trabalhos de grupos.

 

Carga horária:  24 horas - adaptável

 

Curso: Plásticos - Materiais e Processos

 

Apresentação: O curso profissionalizante na área de plásticos tem como característica principal a profissionalização de operadores de extrusora, injetora ou outros processos na área de plásticos, auxiliares de produção que desejam se aprimorar, pessoas interessadas em ingressar neste mercado de trabalho e pessoas interessadas em reciclar seus conhecimentos.

 

Diferencial: O diferencial apresentado por este curso é a forma de abordagem técnica e específica dos processos e materiais envolvidos, trazendo uma visão clara de toda a cadeia produtiva em relação à matéria-prima, bem como a processos utilizados para sua transformação.

 

Mercado: O curso profissionalizante na área de plásticos: materiais e processos visa atender aqueles que estão inseridos dentro da indústria de transformação, como operadores e auxiliares de produção que desejam se qualificar, tanto com conhecimento teórico quanto prático nos processos em que estão inseridos sejam eles, extrusão, injeção e outros. Também visa atender pessoas interessadas em adquirir conhecimento para ingressar neste mercado, o qual se mostra promissor.

 

Particpação no Mercado: Como podemos observar o mercado para qualificação deste tipo de mão de obra é imenso, com uma lacuna para que este setor industrial seja atendido. Hoje as pequenas e médias empresas têm sofrido um apagão deste tipo de mão de obra, tendo muitas vezes que qualificar o profissional no dia a dia no chão de fábrica colocando-o junto com um operador mais experiente para que de uma forma empírica possa transmitir seu conhecimento. O que geralmente observamos é que funcionários mais experientes não sabem, não querem ou simplesmente não transmitem o conhecimento necessário àquele que está em treinamento ao seu lado, gerando perda de produtividade, desmotivação de ambas as partes, perda de tempo e matéria-prima.

 

Conteúdo Programático:

1)   Introdução aos materiais plásticos (Módulo 01)

1.1 - Obtenção de matéria prima

1.2 - Fundamentos dos plásticos

1.3 - Propriedades e características de cada material

1.4 - Divisão e identificação

1.5 - Comportamento dos plásticos

1.6 - Blendas Poliméricas

1.7 - Materiais compósitos

1.8 - Nanotecnologia aplicada a plásticos

1.9 – Reciclagem de plásticos

1.10 – Aditivos e pigmentação

2)   Introdução a processos utilizados na transformação de plásticos (Módulo 02)

2.1 Extrusão

2.1.1 – Introdução

2.1.2 – Tipos de extrusoras

2.1.3 – Configuração de conjuntos de rosca e cilindro

2.1.4 – Coextrusão

2.1.5 – Periféricos de extrusoras

2.1.6 – Tipos de ferramentais

2.1.7 – Calibradores

2.1.8 – Temperaturas de trabalho

2.1.9 – Produtos manufaturados em extrusão

2.1.10 – Operação e segurança para operadores

2.2 Injeção

2.2.1 – Introdução

2.2.2 – Máquina injetora

2.2.3 – Moldes

2.2.4 – Ciclo de produção

2.2.5 – Configuração de conjuntos de rosca e cilindro

2.3 Termoformagem

2.3.1 – Introdução

2.3.2 – Fundamentos

2.3.4 – Produtos e processos de termoformagem

2.4 Rotomoldagem

2.4.1 – introdução

2.4.2 – Produtos e processos de rotomoldagem

2.5 Introdução a termofixos

2.5.1 - O que são termofixos

2.5.2 – Produtos e processos para termofixos

 

Carga horária:  32 horas - Adaptável

 

 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO CURSO EM NOSSA AGENDA DE CURSOS

 

SOLICITE UMA PROPOSTA PARA O CURSO IN COMPANY

 

CLIK E-MAIL ABAIXO

 

Email: cursos@tecnolass.com.br

 

Tel: (12) 3949-2992